Marcha das Mulheres Negras em São Paulo: Pelo Fim da Negligência e Violência do Estado! Homenagem do INSPIR às Mulheres Negras! “Mercado de trabalho desperdiça oportunidade por não dar as mesmas possibilidades para trabalhadores negros”, diz especialista Publicação INSPIR: 'A Negociação Coletiva de Cláusulas Relativas à Equidade Racial no Brasil' Racismo Faz Mal à Saude. Denuncie, Ligue 136! Campanha do INSPIR, ISP, CSA e SC-AFL-CIO para ratificação das Convenções A-68 e A-69 da OEA

Acontece em 27/02/2015: lançamento do livro de Ramatis Jacino

Lançamento do livro de Ramatis Jacino
Release – Editora Nefertiti Ltda.

Título: Transição e Exclusão – O negro no mercado de trabalho em São Paulo – 1912/1920
Editora: Nefertiti Editora Ltda.
Ano: 2015
Páginas: 226 páginas
Capa: Duas cores, com “orelhas”.
Formato: 20,5 x 14,00 (Fechado)
ISBN 978-85-62629-04-4

Transição e Exclusão – O negro no mercado de trabalho em São Paulo pós abolição – 1912/1920, o novo livro de Ramatis Jacino que a Nefertiti Editora apresenta ao público é resultante de pesquisa em nível de doutorado na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências humanas da Universidade de São Paulo – FFLCH/USP. A base do estudo, que durou quatro anos, foram mais de 43 mil boletins de ocorrências emitidos entre 1912 e 1920, além de jornais, processos e outros documentos do período, encontrados no Arquivo do Estado de São Paulo.

Embasado em rica bibliografia e sob orientação da professora doutora Vera Lucia Amaral Ferlini o autor constatou a significativa exclusão do mercado de trabalho enfrentado pela população negra na cidade de São Paulo, nas primeiras décadas do século XX. Buscando compreender as razões e os mecanismos dessa exclusão, constatou que houve uma opção por “branquear” o mercado de trabalho por parte das elites, negando ao homem e a mulher negra ocupações valorizadas socialmente e melhor remuneradas, privilegiando os imigrantes europeus. Percebe, ainda que mesmo as históricas “ocupações de negros”, nos serviços domésticos, no comércio de rua, no atendimento à saúde e demais atividades até então consideradas desprezíveis para brancos, foram intensamente disputadas pelos europeus, favorecidos por “ações administrativas” protagonizadas pelas elites abastadas da cidade e pela legislação que, implícita, e em alguns casos, explicitamente proibia que homens e mulheres negras trabalhassem em determinações ocupações.

Em complemento a sua dissertação de mestrado (também publicada pela Nefertiti, sob o título “O Branqueamento do Trabalho”), o autor demonstra que a legislação discriminatória e as ações das elites da cidade foram resultantes de uma ideologia racista que relacionava modernidade, desenvolvimento, evolução econômica e social ao desaparecimento das marcas da escravidão recente e, consequentemente, do seu maior símbolo o ex- escravizado.

Essa inédita abordagem acerca das razões históricas da marginalização da população negra paulistana, que contribui para marginalização no restante do País devido a importância econômica e política da capital paulista, merece ser conhecida e tem relevância, em particular, para os profissionais das área de história, geografia, sociologia, antropologia e economia.

RAMATIS JACINO, nascido em 11 de junho de 1957, na cidade de Porto Alegre, radicou-se em são Paulo a partir de 1972. Professor efetivo da rede pública estadual, graduou-se em História no ano 2000 na Faculdade Bráz Cubas, em Mogi das Cruzes-SP. Mestre em História Econômica pela FFLCH/USP (2007) e Doutor pela mesma universidade em 2013. É autor de O Branqueamento do Trabalho. Participou em co-autoria das seguintes publicações:

a) ÌMÓ – Panorama do Pensamento Negro Brasileiro – do qual também foi organizador – que reúne textos de 12 mestres e doutores negros nas áreas de antropologia, história, educação, sociologia e serviço social;
b) Zumbi – Epopéia de Zumbi de Palmares, o Herói Negro Brasileiro, paradidático com o jornalista e poeta Jonathas Wagner Jacino;
c) Africanidades Paulistanas e Africanidades São Paulo, livros didáticos dirigidos ao ensino Fundamental e Médio, em atendimento a Lei 10.639/2003, que inclui a história da África e dos negros no Brasil nos currículos escolares

Nefertiti Editora Ltda. Rua Floco de Neve, 351 – Vila Ramos – São Paulo – SP. CEP 08235-760
Fone: 011 – 2043.2002 – E-mail: lujacino@hotmail.com.

E-mail do autor: rama@usp.br – Fone do autor: 011 – 9.9986.6078

comentrios esto fechados.